quarta-feira, 4 de novembro de 2015

TREM DA SAUDADE



TREM DA SAUDADE.

Embarcou no vagão,
Viajamos juntos,
Sorrimos e choramos,
Ao longo do trajeto...vida
Uns desembarcaram
Outros continuaram à viajem,
A cada estação nova história,
Sobe e desce,
Sorrisos e lágrimas,
Eu te amei!
Agora com olhos lacrimejados,
Lembranças!
Que dói no peito,
O teu abraço,
Teu carinho,
" meu pai " calou
Seis anos de saudades,
Está na eternidade,
Morando nas estrelas à brilhar,
Guiando meu caminho,
Amanhã! três do onze
Eu sempre vou te amar e chorar,
O vazio que sinto,
Da tua vós agora emudecida,
Está nas flores,
No jardim!
Muitas estrelas juntas aluminam o meu céu,
E nesse trem eu faço à viajem,
Outros passageiros se juntam à mim,
E nas lágrimas eu apenas choro,
E guardo na alma à saudade que deixou,
Porque eu sempre vou te amar...meu filho


Autor: Oribes S. Junior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário